Por Rabino Shabsi Alpern

A Torá promete que a obediência às leis trará recompensas materiais tangíveis, como chuva em quantidade e abundante colheita.

A frase bíblica “se caminhares com minhas leis” é plena de significado. Costumamos caminhar com sapatos, sandálias ou botas. A Torá conclui que as leis de D’us podem servir como um pretexto semelhante àquele dos sapatos. Assim como os sapatos protegem os pés contra as pedras pontudas do caminho, assim a lei, se devidamente observada, pode salvaguardar uma pessoa contra os riscos e obstáculos na estrada da vida.

O Shabat observado na maneira tradicional é o dia em que a pessoa sente como se sua alma tivesse asas em que ela pode experimentar uma verdadeira paz de espírito. “E observe meus mandamentos”. A palavra “tishmeru” significa guardar, vigiar. Vigiar os mandamentos para que eles não o abandonem”.

Para adquirir essa herança é necessário esforço da mente e dedicação, mas é a oportunidade é facilmente perdida através do descuido e falta de transformar conhecimento em ação. O dinheiro pode ser preservado quando não é tocado; mas judaísmo e conhecimento se mantêm somente quando são usados.

A sentença começa com uma pequena palavra “se”. É uma pequena palavra com um grande significado. “Se” é uma palavra que pode nos elevar às alturas do êxtase ou arremessar-nos às profundezas do desespero. “Se” pode ser uma chave para gerar em nós um sentido de contentamento. Mas essa pequena palavra pode também atuar como uma flecha envenenada provocando profundo arrependimento.

www.ptchabad.org