Corona Vírus: A Certeza da Incerteza

Pergunta:

Essa coisa de corona vírus realmente me jogou. Sinto como se tivesse perdido todo o senso de certeza. Ninguém sabe o que vai acontecer a seguir. Como ficamos salvos quando não sabemos o que está à espreita ao virar da esquina?

Resposta:

Não é que tenhamos perdido nosso senso de certeza. Perdemos nossa ilusão de certeza. Nós nunca tivemos “certeza” para começar. Isso pode ser extremamente perturbador ou surpreendentemente libertador.

Esse pequeno vírus de 125 nanômetros * causou o caos no mundo inteiro. Todos os nossos planos estão no ar, os mercados estão enlouquecendo, países inteiros fechando e não temos ideia do que o futuro reserva.

Mas esse é sempre o caso. Nunca sabemos o que o futuro reserva. Só pensamos que sim, mas continuamos nos surpreendendo quando as coisas não acontecem da maneira que esperávamos. Agora essa máscara caiu. Temos que admitir nossa vulnerabilidade.

O que vai acontecer à seguir? Nós não sabemos. Nossos especialistas não sabem. Nossos líderes não sabem. Somente D’us sabe. E este é o ponto. Somente D’us sabe.

Feche os olhos e sinta a incerteza, faça as pazes com ela, deixe-se levar por ela. Abrace sua ignorância. Porque em toda a confusão há uma coisa que você tem certeza. Você está nas mãos de D’us.

Mantenha a calma. Pânico e medo também são contagiosos. Tome todas as precauções conforme recomendado pelas autoridades de saúde. Lave bem as mãos. E toda vez que fizer isso, lembre-se em quais mãos você está.

Rabino Moss

* Um nanômetro é um bilionésimo de metro.